Vacinação contra a gripe vai até sexta-feira

Vacina pode reduzir hospitalizações e mortalidade causada por complicações causadas pelo vírus da gripe.

Brasília – A população tem até sexta-feira (22) para se vacinar. Estão mobilizados na campanha, em todo o país, 240 mil profissionais, que atuam em 65 mil postos de vacinação e contam com o apoio de 27 mil veículos (terrestre, marítimo e fluvial). É importante levar o cartão de vacinação e o documento de identificação para receber a dose.

De acordo com balanço divulgado pelo Ministério da Saúde, 14,5 milhões de pessoas foram imunizadas até o dia 15 deste mês. O número representa 29,24% do público-alvo, formado por 49,7 milhões de pessoas mais vulneráveis para complicações da gripe. A meta da Campanha de Vacinação contra a Gripe, que começou dia 4 de maio, é vacinar 80% do público.

 

Devem tomar a vacina crianças de seis meses a menores de cinco anos; pessoas com 60 anos ou mais; trabalhadores de saúde; povos indígenas; gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto); população privada de liberdade; funcionários do sistema prisional e pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais (precisam apresentar prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina).

 

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, reforça a importância de se vacinar no período de realização da campanha. "Agora é a hora de se vacinar e se proteger no inverno. Após a vacinação, o corpo leva de duas a três semanas para gerar os anticorpos necessários para a proteção", alerta. O período de maior circulação da gripe vai do final de maio a agosto. A vacina é segura e uma das medidas mais eficazes de prevenção a complicações e casos graves de gripe. Estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza.

 

Dentre os grupos prioritários à vacinação, as puérperas apresentam, até o momento, a maior cobertura, com 143.169 doses aplicadas, o que representa 40% das mulheres com 45 dias após o parto. Em seguida estão os idosos, com 6,7 milhões de vacinados (32,1%); 3,78 milhões de crianças de seis meses a menores de cinco anos foram vacinadas (29,8%); nas gestantes foram aplicadas 599,9 mil doses (27,56%); e os trabalhadores da saúde, com 935,4 mil doses aplicadas (22,9%).

 

Com 91,8 mil doses aplicadas, 15,8% dos indígenas já foram vacinados. Como a vacinação deste grupo é realizada em áreas remotas, a atualização dos dados segue outra dinâmica. Também foram aplicadas 2,2 milhões de doses nos grupos de pessoas com comorbidade, população privada de liberdade e trabalhadores do sistema prisional.

 

A 17ª Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe, que tem como slogan Contra a gripe, seu escudo é a vacinação, tem circulado para reforçar o conceito de proteção. A vacina imuniza contra os três subtipos do vírus da gripe determinados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para este ano (A/H1N1; A/H3N2 e Influenza B).

 

 

Fonte: Rede Brasil Atual

 

 

 

 

 

 

Publicidade

 

 

 

 

Curta abaixo nossa Fanpage e tenha acesso a sorteiros e promoções exclusivas!

Links Relacionados - Clique e encontre já!

Vagas Disponíveis

Consumo Inteligente

Escolas e Cursos

Comércio e Serviços

Agência NAWeb Brasil

Anuncie sua Empresa

Serviços Online

Criação de Loja Virtual

Anuncie na Zona Norte

Estatística de Pesquisas

Hoje110
Ontem218
Esta Semana1073
Este Mês2555
Total189386

IP Visitante: 54.227.127.109 Navegador: Unknown - Unknown Sábado, 16 Dezembro 2017 14:36

Marketing Digital

Ofertas do Dia

Reforma & Construção

Consumo Inteligente

Pesquisar Imóveis

Ricardo Eletro

Scroll to top